CONSULTE TARIFAS E RESERVE
Adultos
Crianças
Em Gramado, sete novas rotas de cicloturismo
Em Gramado, sete novas rotas de cicloturismo
Desde o dia 03 de julho, Gramado tem rotas oficiais de Cicloturismo. São no total, sete rotas, completamente sinalizadas para garantir segurança aos ciclistas.
Turismo
Em Gramado, sete novas rotas de cicloturismo

 

Desde o dia 03 de julho, Gramado tem rotas oficiais de Cicloturismo. São no total sete rotas, completamente sinalizadas para garantir segurança aos ciclistas. O objetivo é incentivar moradores e visitantes a experienciar uma atividade ao livre, conhecendo as belezas do interior da cidade, pouco conhecidas e, ainda, curtindo uma atividade turística, livre de aglomerações.
 

Confira as rotas criadas:

Rota 1 – Pedal Pinheiros
Essa rota passa pelo Parque dos Pinheiros, um parque de conservação que abriga lago, e mata nativa.
Para conhecer na rota 1: Parque dos Pinheiros, Parque do Caracol (opcional), Castelinho e Caminho da Santinha.

 

Rota 2 – Pedal Ávila
Esse passeio passa pela Linha Ávila Baixa e Ávila alta, onde é possível conhecer espaços que oferecem produtos coloniais e agroecológicos.

Para conhecer na rota 2: Palácio dos Festivais, Rua Coberta, Praça Major Nicoletti, Praça das Etnias, Lago Joaquina Rita Bier, Família Wagner, Cantina Nono Giovanni, Sítio Tradição e Vivenda Schõnrhein.

 

Rota 3 – Pedal Tapera

Ao optar por este roteiro, o ciclista passará pelas Taperas Italiana e Alemã. Um dos pontos com destaque é a Capela Santo Antônio, uma construção de pedra de 1929.

Para conhecer na rota 3: Palácio dos Festivais, Rua Coberta, Praça Major Nicoletti, Praça das Etnias, Lago Joaquina Rita Bier, Pórtico de Nova Petrópolis, Família Lazaretti, Moinho Grings, Capela Santo Antônio, Brizoleta – Horto Municipal de Plantas Medicinais, Comunidade Tapera Alemã da IELB e Lago Negro.

 

Rota 4 – Pedal Quinto Distrito

Neste pedal, passasse pelas Linha Bonita e Linha Nova, primeira sede administrativa de Gramado, em 1904. 

Para conhecer na rota 4: Casa Centenária, Ervateira Marcon, Museu Fioreze, Café Della Nonna, Vinícola Masotti, Velho Casarão, Cantina Linha Bella, Moinho Cavichion, Capela São Pedro Claver e Capela São José.

 

Rota 5 – Pedal Ponte do Raposo

Um dos mais bonitos cartões postais do interior, o cicloturista conhecerá a Ponte de Ferro Major Nicoletti, construção de 1932, apelidada de Ponte do Raposo.

Para conhecer na rota 5: Parque dos Pinheiros, Vale da Lageana, Vale do Rio Caí, Ponte do Raposo e Vinícola Masotti.

 

Rota 6 – Pedal Rabicho

Na rota 6, o ciclista passará pela antiga Estação de trem da Várzea Grande, onde, atualmente, existe o Museu do Trem.

Para conhecer na rota 6: Caminho da Santinha, Borgo Perine, Família Marcon, Alambique Rossa, Família Baretta, Capela São Valentin, Capela São Miguel Arcanjo, Sociedade Quilombo, Ecoparque Sperry, Comunidade do Quilombo da IECLB, Centro de Cultura da Várzea Grande, Museu do Trem, Capela São Luis Gonzaga, Lago Negro, Praça das Etnias e Praça Major Nicoletti, Rua Coberta e Palácio dos Festivais.

 

Rota 7 – Pedal Morro da Polenta

Nesta última rota, também visitam-se as Taperas Alemã e Italiana, com vista privilegiada dos vales no caminho.

Para conhecer na rota 7: Palácio dos Festivais, Rua Coberta, Praça Major Nicoletti, Lago Joaquina Rita Bier, Pórtico de Nova Petrópolis, Família Lazeretti, Moinho Grings, Capela Santo Antônio, Morro da Polenta, Ramm’s Typischer Coffe, Comunidade Linha Marcondes da IECLB, Sociedade Reunida, Brizoleta – Horto Municipal de Plantas Medicinais, Comunidade Tapera Alemã – IELB e Lago Negro.

 

Foto: Divulgação Prefeitura de Gramado

 

Para baixar as rotas e conhecer mais detalhes do trajeto, clique aqui!

 

As rotas, criadas pela Secretaria de Turismo da cidade, possuem placas indicativas de sinalização e diferentes classificações de acordo com: a severidade do meio, condição do terreno, esforço físico e orientação do percurso.

Uma dica de passeio ideal para quem gosta de pedalar e vem a Gramado. Opção de turismo seguro, saudável e repleto de cenários inesquecíveis. Quem se hospeda no Hotel Alpestre tem empréstimo de bicicletas sem custo, um verdadeiro convite para o passeio!

 

 

 
Compartilhe: